É muito bom sorrir, quando todos querem te ver chorando.
Aila Santana

Não tenho pra que mentir, e muito menos inventar. Ainda estou no meu estado sã sou humana e não posso negar pra mim; as minhas indignações e os contra tempo que existem na vida. Não posso viver dizendo pro meu eu que o mundo é perfeito e que eu sou o erro que existe nele; se na verdade lá fora existe pessoas com erros maiores do que os meus. Sou um pouco temperamental, tenho um gosto estranho, uma personalidade forte. Choro por coisas bobas, mas sou equilibrada em momentos que deveria existe o desequilíbrio. Sou bastante calma, mas não se engane; sou gentil porque tive educação, mas posso esquecer a minha classe em casa porque eu também sei ser grossa. Não sou de desiste das coisas assim tão fácil, mas sei o momento de parar; sou de perdoar fácil e de pedi perdão também, não sou de esquecer o que eu já fiz e o que já fizeram comigo. Aproveito a vida cada momento da vida, não vou mentir… Você quer saber da verdade? Estou apenas sobrevivendo e não vivendo.  — Aila Santana

Não sinto raiva, não sinto nada. Sinto saudade, de vez em quando. Quando penso que poderia ter sido diferente.